Cia do Tijolo comemora 10 anos no Teatro da USP

Em curta temporada, a Cia apresenta o espetáculo Ledores no Breu, o musical Divino Misturado com os Mundos, inspirado em Dom Helder Câmara, o Sarau das Dionísias, sobre feminismo e feminino e um encontro com todo o elenco e equipe.

Por Elcio Silva | Foto Alécio Cezar
7/8/2018 16h22

Cinco espetáculos, três discos, diversos shows e apresentações realizadas em festivais, em mais de 40 cidades brasileiras e até na Dinamarca. É com esse histórico que a Cia do Tijolo comemora 10 anos de existência no Teatro da USP a partir de 23 de agosto, em uma parceria com o Centro Universitário Maria Antonia, para ocupar a Sala Multiuso, novo espaço de apresentações do local.

Inspirado no texto “Confissão do Caboclo, do poeta paraibano Zé da Luz, em Guimarães Rosa e no pensamento e prática de Paulo Freire, a Cia do TIjolo apresenta o espetáculo Ledores no Breu, de 23 de agosto a 2 de setembro, de quinta a sábado, 21h e aos domingos, 19h. A peça trata das relações do homem sem leitura e sem escrita com o mundo ao seu redor. O monólogo do ator Dinho Lima Flor traz uma reflexão sobre nosso tempo: o acesso à cultura como forma de emancipação por meio do domínio da escrita. A direção é de Rodrigo Mercadante. Os ingressos custam R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada.

Dinho Lima Flor destaca esses dez anos de trajetória da Cia do Tijolo como um pacto de amizade.

“Uma vez eu ouvi uma frase minutos antes de pisar no palco, em que um colega me dizia que a gente faz teatro é para os amigos, minutos depois entrei em cena, vi alguns amigos queridos na plateia e recebi de seus olhos uma carga afetiva que me serviu de farol no percurso daquela noite. A partir dessa frase tive uma compreensão mais abrangente do que é a amizade, quando ela passa a abarcar pessoas que chamamos de público e que gentilmente se dispuseram a compartilhar os dizeres, a pisada e o atravessar da cena junto com a gente naquela noite”, relata o ator.

Outras ações

O show Divino Misturado com os Mundos, inspirado na vida e obra de Dom Helder Câmara, será apresentado nos dias 6 e 7 de setembro, às 21h. O espetáculo cênico musical conta com textos e canções do espetáculo O Avesso do Claustro.

O Sarau das Dionísias (8/9, 21h) traz uma pesquisa sobre feminismo, feminino e a trajetória e luta das mulheres no Brasil e no mundo. Deste material surgiram textos, canções e poemas que reverberam nos corpos e vozes do potente coro das Mulheres do Tijolo.

O encontro A Cabeça Gosta de Pensar, Mas o Pés Tecem a Existência (9/9, 19h) é um “festa-celebração”, como intitula o grupo. É a maneira que a companhia achou apropriada para juntar e tecer conversas, abraços, comentários e requebrar um pouco. Será uma reunião com todo o elenco: atores, diretores, músicos, produtores, criadores e equipes técnicas.

Exceto para a peça Ledores no Breu, nos outros eventos o público paga o quanto puder. Para mais informações sobre a programação acesse o site http://e.usp.br/bwl.

Trajetória

Fundado em 2008, a trajetória da Cia do Tijolo começou homenageando o poeta Patativa do Assaré, nos espetáculos Cante Lá que eu Canto Cá e Concerto de Ispinho e Fulô, obra que recebeu o prêmio shell de melhor música em 2010.

Passou por Federico Garcia Lorca, em Cantata para um Bastidor de Utopias, peça que conta a história de Mariana Piñeda, jovem que morreu ao desafiar o autoritarismo monárquico espanhol. A trama tratou de temas como  a Guerra Civil Espanhola e o Golpe Militar no Brasil. Foi agraciado com o Prêmio Shell nas categorias melhor cenário e melhor música em 2014

Em O Avesso do Claustro o homenageado foi Dom Helder Câmara, indicado quatro vezes ao Nobel da Paz e grande defensor dos direitos humanos, declarado postumamente como Patrono Brasileiro dos Direitos Humanos. Na trama o grupo destaca o papel decisivo de Câmara na construção do pensamento de esquerda na América Latina, o incentivo às comunidades eclesiais de base e nas políticas de empoderamento.

Serviço

Cia do Tijolo | 10 anos
Quando | de 23 de agosto a 9 de setembro de 2018 | quintas a sábados, 21h e domingos, 19h – *exceto 30 de agosto (21h30).
Onde | Teatro da USP e Centro Universitário Maria Antonia – Sala Multiuso
Rua Maria Antonia 258 e 294, Consolação, São Paulo – próximo as estações Santa Cecília e Higienópolis
O Que | Espetáculo Ledores no Breu  – 23/08 a 02/09
Show Divino Misturado com os Mundos – 6 e 7/09
Sarau Dionísias – Mulheres do Tijolo – 8/9
Encontro A Cabeça Gosta de Pensar, Mas os Pés Tecem a Existência – 9/9
Quanto | Espetáculo – R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada. Demais eventos pague quanto puder.
Lotação | 72 lugares
Classificação | Livre, exceto para o show que é indicado a partir de 12 anos.

Por Comunicação Institucional - PRCEU

Cia do Tijolo 10 anos
  • Teatro da USP e Centro Universitário Maria Antonia (CEUMA)
    • Quinta, Sexta e Sábado
    • A partir das 21:00.
    • Domingo
    • A partir das 19:00.
    • Rua Maria Antonia, 258 e 294
    • São Paulo - SP
    • tel: 3123-5222
    • obs: Dia 30 a sessão começa 21h30.