Exposição “Hidrofaixas: rios visíveis do Bixiga”

A exposição Hidrofaixas: rios visíveis do Bixiga  apresenta os resultados e desdobramentos de oficinas, intervenções e ações do Centro de Preservação Cultural da USP relacionadas à temática dos rios urbanos — e, em particular, ao universo dos rios (in)visíveis do bairro do Bixiga. A mostra reúne trabalhos do Coletivo Mapa Xilográfico, do Bloco Fluvial do Peixe Seco e dos participantes das oficinas promovidas na Casa de Dona Yayá, de naturezas diversas: instalações, painéis fotográficos, áudio e vídeo.

O foco da mostra são os três rios que permeiam a região conhecida como Bixiga, na cidade de São Paulo: o Itororó, o Saracura e o Japurá (ou Ribeirão do Bixiga). Ausências presentes no cotidiano urbano, os três rios se revelam visíveis no conjunto de memórias, recordações, narrativas e histórias que os rodeiam, bem como nas suas manifestações físicas, reconhecíveis na geografia do lugar. Mais do que torná-los visíveis, esta exposição procura reconhecer sua presença ausente, sua realidade virtual, sua constituição simbólica. Os trabalhos em exibição potencializam tais presenças por meio de ações poéticas, afetivas e lúdicas, que revelam os rios não como uma relíquia a ser resgatada, mas como uma presença a ser celebrada coletivamente.

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (1)

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (2)

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (3)

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (4)

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (6)

2015_EM_riosvisiveis_foto_brunagabrielaelias (7)

Hidrofaixas: rios visíveis do Bixiga fica em cartaz até o dia 12 de fevereiro de 2016 no Centro de Preservação Cultural da USP, localizado à Rua Major Diogo, 353. Dias e horários de visitação: de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, e domingo, das 10h às 15h.

Fotos: Divulgação/CPC

Por Centro de Preservação Cultural

Exposição “Hidrofaixas: rios visíveis do Bixiga”