Peça que retrata o mito de Fausto é encenada gratuitamente no Teatro da USP

O quadro Cultural Caminhos da Cultura, apresentado na Rádio USP por Elcio Silva no dia 22 de novembro, falou sobre o espetáculo Fausto do Núcleo TUSP da capital. Confira o áudio.

Sétimo espetáculo do Núcleo TUSP da capital, Fausto estreia em curta temporada no Teatro da USP

Por Elcio Silva | Ilustração Elaine Alves | Fotos Pedro Maciel
23/11/2018 13h15 atualizado em 30/11/2018 13h39

O Teatro da USP (TUSP) apresenta de 23 de novembro a 16 de dezembro a peça Fausto, que retrata o mito medieval em que um sábio, em busca de conhecimento e tudo o que quiser na terra, faz um pacto com uma espécie de demônio em troca de sua alma imortal.

Fausto - Foto Pedro Maciel - TUSP

A montagem que mescla versões do texto de Goethe, Marlowe e Fernando Pessoa é o resultado do trabalho do Núcleo TUSP da capital, projeto de extensão universitária, que selecionou atores e trabalhou na construção do espetáculo durante 2 semestres. As apresentações são realizadas às sextas e sábados, 20h e aos domingos, 18h. A entrada é gratuita.

René Piazentin, diretor da peça, falou sobre o diferencial desta montagem. “Pela primeira vez nós temos 16 atores em cena em um trabalho onde o elemento coral é muito forte. Foi fundamental a parceria com algumas figuras que desempenharam tarefas específicas, como a dramaturgia da Louise de Lemos, que criou um diálogo entre as referencias de Goethe, Marlowe e Fernando Pessoa; o trabalho corporal da Ana Carolina Salomão que apontou uma unidade para o espetáculo e a direção musical da Renata Grazzini que possibilitou a valorização do tratamento sonoro.”

Este Fausto é o resultado do trabalho de dois semestres a partir das versões de Goethe (as duas partes de Fausto e seu Fausto Zero), Marlowe (A Trágica História do Doutor Fausto) e Pessoa (Fausto: Uma Tragédia Subjectiva). O processo foi pautado pelo caráter colaborativo e as singularidades do grupo formado moldaram o resultado.

Fausto - Foto Pedro Maciel - TUSP

Nesta edição, o Núcleo TUSP da capital contou com a participação de atores egressos de diversas escolas de São Paulo como o Departamento de Artes Cênicas (CAC) da USP , Unicamp, Unesp, Célia Helena, Incenna, Indac, Senac, SP Escola de Teatro, Studio Beto Silveira e Teatro Escola Macunaíma, além de atores formados em outros locais como Teatro Vila Velha, de Salvador (BA) e Universidade Federal do Pará, de Belém (PA).

Para Piazentin essa troca de experiências engrandeceu a montagem. “O que acho mais interessante deste trabalho é a possibilidade de ter um espaço de encontro com pessoas de formações e referências diferentes. Normalmente após a formação você continua trabalhando com seus colegas, assim, as possibilidades que se abrem para trabalhar com pessoas que de outros lugares é muito interessante.”

Sinopse

Fausto - Foto Pedro Maciel - TUSP

Personagem central de uma lenda alemã que inspirou muitas obras, o sábio Fausto faz um pacto com Mefistófeles, figura demoníaca que lhe concede a juventude de volta e a realização de todos os seus desejos, em troca de sua alma imortal.

A questão que Fausto continua a nos colocar – para além do moralismo da tradição judaico-cristã – é sobre qual o compromisso com nossa própria humanidade. A eterna insatisfação humana a um só tempo move a curiosidade, a ambição e os pactos diários que fazemos em prol da realização de desejos de toda ordem. Mefistófeles se faz presente sob várias formas, muitas delas encantadoras. A trajetória de Fausto segue atual.

O Núcleo TUSP

Diferente de um curso convencional a iniciativa não tem a pretensão de ensinar ao ator a prática de cena e muito menos ser um corpo teatral estável com um vínculo profissional entre as partes, mas sim estreitar os laços com a comunidade cumprindo uma função de extensão universitária e de pertencimento do espaço público.

Desde 2015 o TUSP desenvolve experimentos de montagem de caráter artístico-pedagógica na capital. A prática reúne atores e atrizes de diversas formações em aberturas públicas denominadas Núcleo TUSP. Nestes quatro anos, foram seis trabalhos – dois deles com duas temporadas: Outro K (a partir d’O Processo de Kafka, em 2015 e 2016), O Pequeno Eyolf e Mahagonny (a partir das obras de Ibsen e Brecht, respectivamente, em 2016) e três estudos a partir de Shakespeare – Rei Lear (2017), Hamlet (2017 e 2018) e Ensaio para Romeu e Julieta (2018).

Fausto é o sétimo espetáculo produzido pelo Núcleo TUSP da capital.

Ficha Técnica

Direção: René Piazentin / Dramaturgia:  Louise de Lemos (a partir dos textos de Goethe e Marlowe) / Direção musical: Renata Grazzini / Figurinos: Erika Grizendi / Assistente de figurino: Fábio Quintanilha Osada / Iluminação: Ariel Rodrigues / Preparação Corporal: Ana Carolina Salomão / Assistência de Direção: Renata Alves e Aline Baba / Elenco: Ana Carolina Salomão, Ana Campos, Ariel Rodrigues, Dandara Terra, Elaine Alves, Izabel Hart, Lucas Soares, Mayra Coelho, Neto Cajado, Pedro Abranches, Rafaella Cândido, Renata Grazzini, Simone Makhamra, Thais Grootveld, Vicka Matos, Victor Salomão

Serviço

Fausto

Quando | De 23 de novembro a 16 de dezembro | sexta e sábado, 20h e domingo, 18h
Onde | Teatro da USP – Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo.
Duração | 120 min.
Classificação | 12 anos
Quanto | Entrada gratuita – ingressos distribuídos 1 hora antes do início da sessão.

Por Comunicação Institucional - PRCEU

Fausto
  • Teatro da USP | Sala Experimental
    • Sexta
    • Das 20:00 às 22:00
    • Sábado
    • Das 20:00 às 22:00
    • Domingo
    • Das 18:00 às 20:00
    • R. Maria Antonia, 294
    • São Paulo - SP
    • tel: 11 3123.5222
    • usp.br/tusp
    • obs: 40 lugares | ingressos distribuídos 1h antes da sessão