Parque CienTec da USP reabre ao público a partir do dia 16 de março

Local estava fechado provisoriamente à visitação devido ao alerta de febre amarela

O Parque de Ciência e Tecnologia (Parque CienTec), órgão de divulgação científica da Universidade de São Paulo, reabre à visitação pública nesta sexta, dia 16 de março. O local havia sido fechado em 23 de janeiro para ações de vigilância da febre amarela, devido à confirmação de positividade da doença em um bugio morto no Jardim Zoológico de São Paulo. Como o Parque CienTec integra a mesma área – Parque Estadual Fontes do Ipiranga – adotou também a conduta de fechamento, assim como o Horto Florestal.

A medida de reabertura é embasada em parecer técnico que classificou a presença do vírus da febre amarela nesse território como um fato isolado e restrito, com baixo risco de transmissão para humanos.

Não há evidências da circulação do vírus de forma ampla e contínua na área, observando-se análises laboratoriais de macacos e mosquitos coletados no local. Atualmente, há bandos de primatas não humanos saudáveis vivendo nos parques e a densidade de vetores silvestres da doença é baixa.

Entretanto, como medida de prevenção, é aconselhável que os visitantes estejam vacinados contra a febre amarela, lembrando que, para fazer efeito, a vacina deve ser tomada, pelo menos, dez dias antes da visita.  

O Parque CienTec funciona de segunda a sábado, das 9h às 16h, com entrada gratuita. Mais informações podem ser consultadas no site parquecientec.usp.br.

Por Comunicação Institucional - PRCEU

Parque CienTec da USP reabre ao público a partir do dia 16 de março