Orquestra Sinfônica da USP inicia série de concertos gratuitos

Gratuito e aberto ao público, o concerto da OSUSP que abre a série terá regência de Jamil Maluf e solo do pianista Amaral Vieira, apresentando obras de Schubert e Levy.

O novo auditório do Centro de Difusão Internacional da USP – CDI receberá no próximo dia 13 de maio, às 12h, o primeiro concerto da Orquestra Sinfônica da USP – OSUSP especialmente produzido para apresentações no campus Butantã. As obras Wanderer Fantasy (Orquestração de Franz Liszt), de Franz Schubert, e Sinfonia em mi menor, de Alexandre Levy são as escolhidas. A entrada é gratuita e aberta ao público.

A partir dessa apresentação, o CDI – USP receberá uma série de concertos gratuitos ao longo do ano em uma programação voltada para o campus Butantã e, além dos concertos, também exibirá ensaios abertos de trechos de obras que serão apresentadas na Sala São Paulo. A programação dos concertos, realizados gratuitamente, sempre ao meio-dia e às sextas-feiras, será divulgada posteriormente.

A OSUSP foi fundada em 1975 e teve como regentes titulares Camargo Guarnieri (1975-1993), Ronaldo Bologna (1993 a 2001), Carlos Moreno (2002 a 2008) e Lígia Amadio (2009 a 2011). Nestes 40 anos de existência, realizou excursão pela Alemanha, lançou oito CDs, organizou concursos de composição, participou de montagens de ópera e se apresentou com regentes e solistas de renome internacional como o tenor José Carreras, o violinista Schlomo Mintz e os pianistas Arnaldo Cohen, Yara Bernette, Roberto Szidon e Ingrid Haebler. Sua temporada anual consiste em apresentações regulares em diferentes salas de concerto e nos diversos campi da USP.

Jamil Maluf (regente)

Graduado em regência orquestral na Escola Superior de Música de Detmold, Alemanha, participou dos Seminários para Regentes, com o maestro Sergiu Celibidache. Em 1980, no Brasil, tornou-se regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal, do Theatro Municipal de São Paulo, onde, em 1990, criou a Orquestra Experimental de Repertório, a qual conduziu até 2014. Em 2000 foi nomeado regente titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, tendo sido por duas vezes regente da Orquestra do Festival de Inverno de Campos do Jordão. Dentre suas premiações destacamos o prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebido em quatro ocasiões como Melhor Regente de Orquestra, o Prêmio Carlos Gomes, como Melhor Regente de Ópera e o Prêmio Maestro Eleazar de Carvalho, na categoria Personalidade Musical do Ano. Apresentou por cinco anos o programa Primeiro Movimento, na TV Cultura, e foi, de 2005 a 2009, diretor artístico do Theatro Municipal de São Paulo. É o atual diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Desde 2013 apresenta o programa Intérprete, na Rádio Cultura.

Amaral Vieira (piano)

Compositor, pianista, pedagogo e musicólogo, é autor de mais de 500 obras nas mais variadas modalidades. Suas realizações fonográficas, como compositor e/ou como intérprete, contam com mais de 120 títulos. Suas composições já foram gravadas e editadas no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão, país onde já fez mais de 280 apresentações, sendo a próxima tournée em out/nov 2016. Como pianista, apresentou-se em todos os continentes, em recitais e também como solista de importantes orquestras. O artista é responsável desde 1989 pelo programa de música sacra Laudate Dominum da Cultura FM de São Paulo, transmitido também semanalmente pela Rádio Sodré de Montevidéu (UR). Foi eleito, em 1999, membro da Academia Brasileira de Música.

Por Comunicação Institucional - PRCEU

Orquestra Sinfônica da USP inicia série de concertos gratuitos