O Núcleo Técnico Científico em Cuidados Paliativos do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP promoveu, no último dia 11 de outubro, uma campanha de conscientização para profissionais de saúde.

A ação contou com integrantes dos programas de residência multiprofissional e médica da USP em abordagens no salão de entrada do Instituto Central do HC. A iniciativa marcou o Dia Mundial de Cuidados Paliativos, celebrado anualmente no segundo sábado de outubro. O tema da edição de 2018 foi “Cuidados Paliativos: Porque Eu Importo”, segundo diretrizes da instituição britânica The Worldwide Hospice Palliative Care Alliance.

A Academia Nacional de Cuidados Paliativos incentivou as ações na data para destacar a “experiência vivida por pessoas com doenças ameaçadoras à vida”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), “os cuidados paliativos são mais do que apenas o alívio da dor. Eles abordam o sofrimento físico, psicossocial e emocional de pacientes com graves doenças avançadas e prestam assistência a um ente querido”.

A OMS estima que, a cada ano, mais de 20 milhões de pacientes necessitem de cuidados paliativos no fim da vida. Cerca de 6% deles são crianças.

A TV Brasil fez uma reportagem sobre a comemoração deste dia que pode ser acompanhada a seguir: