Menu

DENUNCIAR NA USP

A USP não é a polícia, nem faz parte do sistema judiciário e, dessa maneira, não pode prender nem processar judicialmente uma pessoa. Contudo, nos casos de denúncia, a diretoria de cada unidade de ensino tem autonomia e até mesmo o dever de abrir uma sindicância que, por sua vez, pode se transformar em um processo interno disciplinar ou administrativo.

Caso você se sinta ameaçado ou tenha sofrido alguma violência ou forma de discriminação no campus, por parte de aluno(a), professor(a) ou funcionário(a), é importante denunciar formalmente o ocorrido à Ouvidoria Geral da USP e à unidade em que você estuda ou trabalha, além de comunicar a polícia, fora da universidade.

Denunciar casos de discriminação, violência ou assédio na USP

Para mais informações sobre os processos de denuncias e reclamações, escolha uma categoria:

Violência Sexual          Racismo          LGBTQIAFobia