Menu

Violência contra a mulher

Cultura do estupro: prática e incitação à violência sexual contra mulheres
O objetivo desse artigo é propor, através de pesquisa teórica bibliográfica, uma reflexão sobre quais mecanismos sistêmicos e culturais promovem a cultura do estupro como, também, protegem o estuprador e anulam os direitos das vítimas. Em uma pesquisa focada na violência sexual contra a mulher, buscamos observar quais formas de violência simbólica resultam nesse tipo […][...]
Código Penal (constrangimento a relações sexuais por meio de violência – estupro): Análise dos artigos 213, 216-A e 217-A
O paradoxo da Suécia, um paraíso da igualdade com uma enorme taxa de violência machista
O paradoxo da Suécia, um paraíso da igualdade com uma enorme taxa de violência machista A luta pela igualdade se estende por escolas, lares e empresas de um país com uma das maiores taxas de violência contra a mulher da União Europeia [VEJA MAIS…] http://brasil.elpais.com/brasil/2017/03/09/eps/1489066869_454079.html[...]


http://brasil.elpais.com/brasil/2017/03/13/internacional/1489421352_370416.html

O curta-metragem que fala de um dos grandes tabus: o estupro numa relação de casal
A vida por trás (à frente) do aborto
A vida por trás (à frente) do aborto[...]
Uma cidade vivida para as mulheres
Uma cidade vivida para as mulheres[...]
As vozes do abuso
As vozes do abuso[...]

Documentário “Clitóris, prazer proibido”: o documentário explora o órgão cuja única função é proporcionar prazer às mulheres. Médicos, educadores sexuais, estudiosos do comportamento e mulheres em geral dão depoimentos sobre o tema.

Filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=Y5tjkB1pUjk

 

Clitóris, prazer proibido (documentário)

Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero (documentário): filme produzido pelo #ElesPorElas, um movimento para a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres, cujo objetivo é engajar homens e meninos para novas relações de gênero sem atitudes e comportamentos machistas.

Filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=jyKxmACaS5Q&feature=youtu.be

 

Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero (documentário)

A Filha da Índia (documentário): conta a história da jovem que sofreu um estupro coletivo dentro de um ônibus em Nova Déli, em 2012, vindo a falecer dias depois, e que gerou uma discussão nacional sobre o estupro na Índia

Trailer em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=YwKyCSzd2ZE

Disponível no Netflix

 

A Filha da Índia (documentário)

À Margem do Corpo (documentário): sobre a história de uma mulher negra, Deuseli, que possuía transtornos mentais, foi estuprada por um homem que invadiu sua casa, não pode realizar o aborto legal e depois veio a matar a própria filha

Filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=4PoxtwM8nik ou https://vimeo.com/6117113

À margem do corpo (um filme de Débora Diniz) – subtitle in english from Universidade Livre Feminista on Vimeo.

Essa história não é de um fato raro. É parte da história de muitas mulheres. A violência sexual, a falta de amparo do Estado, a inegistência de garantia de direitos humanos básicos, a lei desrespeitada quando beneficia a mulher, a hipocrisia … tudo acaba sobre os ombros da mulher violentada, que morre várias vezes no caminho.

Débora Diniz, com o apoio da Associação Brasileira de Antorpologia e da Fundação Ford, nos traz outro vídeo que nos exige refletir e agir. A história se passa no interior de Goiás, entre os anos de 1996 e 1998. Deuseli tinha 19 anos quando foi brutalmente estuprada. Impedida de realizar o aborto que a lei lhe garante, acaba desaparecendo da cidade onde vivia e 11 meses depois acaba sendo parte de outro crime, agora como assassina da filha. Ela morre meses depois, de causa desconhecida.

À Margem do Corpo (documentário)

Justiceiras de Capivari (documentário): sobre um grupo de mulheres que combate a cultura do estupro numa região da Baixada Fluminense

Filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=49pUMIPABBY

Justiceiras de Capivari (documentário)

A Guerra Invisível (documentário): sobre o estupro vivido por mulheres das Forças Armadas dos EUA e o fato de que geralmente os estuprados são superiores hierárquicos e nunca são punidos

Trailer em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=ECOqpv45tIo

Filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=M_yZ9ywEOMk

Trailer em inglês:

A Guerra Invisível (documentário)

Os Acusados: baseado em uma história real, o filme conta a história de uma mulher vítima de estupro coletivo num bar que, devido à reputação de “promíscua” que possuía na cidade, enfrenta culpabilização e descrédito do sistema de Justiça para provar que houve estupro.

Trailer em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=EI7SG2eYUpU

 

Os Acusados

Brave Miss World (documentário): conta a história de Linor Abargil, Miss Israel em 1998, que foi violentada semanas antes de ser eleita Miss Mundo e, com isso, tornou-se representante mundial de vítimas de estupro

Trailer em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=MVJTLyNaHow

Disponível no Netflix

 

Brave Miss World (documentário)

The Hunting Ground (documentário): sobre os estupros ocorridos nos campi universitários estadunidenses e o fato de as universidades abafarem os casos para não perderem doações milionárias e diminuição nas matrículas, já que a maioria é privada.

Trailer em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=GBNHGi36nlM

Disponível no Netflix

 

The Hunting Ground (documentário)
Violência contra mulheres
A USP é uma universidade grande — considerada a maior da América Latina — e, ainda que possa se apresentar como um ambiente mais liberal em diversos sentidos reproduz a estrutura da sociedade a qual está inserida. Isso inclui um ambiente no qual as mulheres estão vulneráveis àquilo que elas vivenciam todos os dias: a […][...]
A vida por trás (à frente) do aborto
Uma cidade vivida para as mulheres