Astronomia – São Paulo

Descrição do Curso

A Astronomia moderna está intimamente ligada à Física: o céu pode ser visto como um laboratório onde processos físicos e teorias são testados e comprovados. O astrônomo deve ter conhecimentos de Física e Matemática, ferramentas essenciais para explorar o Universo. Este bacharelado oferece: a) uma forte base em Física e Matemática; b) um curso flexível e multidisciplinar, permitindo várias trajetórias (vertentes) que atendam diferentes vocações; c) um acompanhamento contínuo para auxiliar na escolha entre as diferentes vertentes oferecidas pelo currículo. Os conteúdos considerados fundamentais são apresentados em um conjunto de disciplinas obrigatórias. Os alunos escolhem um conjunto de disciplinas optativas eletivas de acordo com a sua vertente preferida. As vertentes sugeridas são: Pesquisa Básica, Controle e Sistemas, Computação, Ciências Espaciais, Ensino e Divulgação Científica, entre outras. Está previsto no currículo o desenvolvimento de pequenos projetos de pesquisa.

Infraestrutura

Para os alunos, são disponibilizados três laboratórios didáticos: informática, experimental e observacional, onde são desenvolvidas atividades práticas. Os estudantes poderão acompanhar, em tempo real, as observações conduzidas pelos pesquisadores no telescópio SOAR, que fica no Chile, por meio de nossa Estação de Observação Remota. Para o desenvolvimento dos projetos de pesquisa, os alunos têm à disposição um grande número de computadores, além do laboratório de computação de alto desempenho Astroinformática.

Inserção Profissional

O egresso pode seguir uma pós-graduação, atuar de forma multidisciplinar no desenvolvimento de projetos instrumentais e tecnológicos ou na área de ensino e divulgação. O profissional poderá trabalhar na área de informática ou instrumentação (tratamento e análise de imagens, bancos de dados, sistemas de automação e controle), na área de ensino e difusão científica (museus, planetários, jornalismo científico), ou em áreas afins.

Onde estudar?