Educomunicação – São Paulo

Descrição do Curso

O curso destina-se a preparar um professor de Comunicação em condições de exercer, igualmente, atividades de pesquisa e consultoria para programas que demandam ações profissionais próprias das áreas de convergência entre a Comunicação e a Educação.

Na qualidade de professor, o Educomunicador atuará no sentido de atender às disposições da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) assim como dos parâmetros de ensino que aproximam a educação do universo da comunicação, suas linguagens e tecnologias. Sua atuação se dará tanto em termos da melhoria do processo de ensino-aprendizagem de tais componentes quanto na renovação das práticas educativas decorrentes das especificidades da cultura contemporânea. Cultura que encontra na Comunicação, em seus processos e linguagens, um espaço para a promoção do protagonismo infanto-juvenil, bem como para o desenvolvimento da autonomia dos educandos e sua formação cidadã. Ainda como docente, o Educomunicador estará habilitado a promover a gestão ou a coordenação de projetos voltados para a educação a distância, mediada pelas tecnologias da comunicação e informação.

Como pesquisador e consultor, o educomunicador poderá prestar serviços no espaço dos meios impressos, audiovisuais e digitais, no que diz respeito à produção e veiculação de conteúdos relativos às diferentes práticas educativas formais e não formais, assim como em projetos mantidos por organizações e empresas voltados para a gestão da comunicação em ambientes educativos ou em áreas de produção destinadas à educação.

Essa formação universitária parte da contribuição das Ciências Humanas, especialmente dos campos da Comunicação e da Educação, bem como das práticas sociais relacionadas aos âmbitos da produção midiática, dos estudos da recepção, e do uso social e pedagógico das tecnologias em processos de educação formal e não formal no Brasil e na América Latina.

Infraestrutura

Além de toda infraestrutura da Escola de Comunicações e Artes (ECA) em termos de biblioteca e salas de informática, os alunos da Licenciatura em Educomunicação usufruem de laboratórios de informática e laboratórios multimídia específicos do curso para o desenvolvimento dos projetos pedagógicos que compõem sua formação. Outro aspecto importante a ser ressaltado é a existência de diversos laboratórios e núcleos de pesquisa sediados no departamento que podem oferecer ao estudante diversas atividades relacionadas à sua carreira nos âmbitos da docência, pesquisa e consultoria.

Inserção Profissional

O Educomunicador é preparado para as competências de um profissional com perfil de gestor de comunicação no espaço educativo. Um educomunicador conhece suficientemente, de um lado, as teorias e práticas dialógicas do processo educacional, e, de outro, os procedimentos que envolvem o mundo das linguagens das mídias e do uso das tecnologias, de forma a exercer atividades de caráter transdisciplinar, tanto na docência quanto na coordenação de trabalhos de campo, na interface comunicação/educação.

Nos dois casos, espera-se deste profissional habilidade para gerenciar conflitos e criatividade para encontrar soluções que melhorem os processos educativos, sejam os formais (escolares), sejam os não formais (desenvolvidos pelas organizações sociais) e, finalmente, os informais (implementados pelos meios de comunicação voltados para a educação e cultura).

Onde estudar?