Terapia Ocupacional – São Paulo

Descrição do curso

O curso forma profissionais generalistas com competências e habilidades requeridas para atuação em diferentes níveis de atenção, serviços, programas e projetos na área de saúde, de educação, de assistência, de desenvolvimento social e de cultura tanto em meio urbano quanto rural. Busca-se a formação crítica na qual o estudante é preparado para lidar com as necessidades e processos de afirmação e de defesa de direitos, cidadania e de autonomia de pessoas, famílias, grupos ou comunidade, que por razões relacionadas à problemática específica (física, sensorial, mental, psicológica, cultural e/ou social) apresentam dificuldades temporárias ou permanentes para a realização de atividades relacionadas ao seu contexto de vida (trabalho, ao lazer, educação, autocuidado, entre outros). Prepara-se, igualmente, para formar profissionais para as políticas sociais e para a gestão de serviços e projetos.
O Curso enfatiza a interação de conhecimentos e saberes do campo biológico e das humanidades buscando um equilíbrio entre a formação técnico-científica e humanista e a política.
O curso é desenvolvido em quatro anos, em período integral. O núcleo de conhecimentos específicos da profissão é ministrado por docentes terapeutas ocupacionais e representa a maior parte das atividades curriculares.
O ensino prático se inicia no 2º ano por meio da inserção dos estudantes em projetos de assistência à saúde, em projetos sociais e culturais sob a orientação dos professores. Essa atividade é ampliada gradativamente, quanto à carga horária e à complexidade das ações desenvolvidas. Os estudantes realizam atividades de iniciação à pesquisa, que resultam em trabalhos de conclusão de curso, podendo ainda participar de programas de monitoria de disciplinas e de cultura e extensão.

Infraestrutura

A infraestrutura ampara as atividades de ensino, pesquisa e extensão de serviços realizados por docentes e estudantes. Dois edifícios situados na Cidade Universitária (SP) comportam salas de aula, laboratórios didáticos e de pesquisa e salas para atendimento de terapia ocupacional para a população. Os ambientes são mobiliados e equipados de forma a oferecer aos estudantes a oportunidade de conhecer as condições e recursos profissionais específicos do campo da terapia ocupacional.

Inserção Profissional

O profissional pode atuar em unidades e projetos da área da Saúde (Unidades Básicas de Saúde, Centros de Atenção Psicossocial, Núcleos de Atenção à Saúde da Família, Centros de Referência de Saúde do Trabalhador, Centros de Atenção a Idosos, Hospitais gerais e especializados, Centros de Reabilitação, consultórios e clínicas), da Educação (principalmente em programas de inclusão escolar), de Cultura (museus, equipamentos culturais e programas de acessibilidade culturais) e da Assistência Social (Centros de Referência, serviços de proteção social e de acolhimento) além de comunidades tradicionais, ações territoriais e de desenvolvimento social e ambiental. Pode também dar continuidade a seus estudos em nível de pós-graduação e dedicar-se a vida acadêmica.

 

Onde estudar?