• A+
  • A-
Fechar

Nova edição da Revista de Cultura e Extensão traz entrevista com diretor do GREA-USP

Revista de Cultura e Extensão - 15/06/2015

Em sua 13ª edição, a publicação destaca ainda uma série de artigos inéditos sobre projetos de cultura e extensão

 A nova edição da Revista de Cultura e Extensão USP, publicação da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, publica uma entrevista com o Prof. Dr. Arthur Guerra de Andrade, supervisor geral do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina (GREA-FM-USP) sobre o consumo excessivo de álcool e drogas entre os estudantes universitários. O volume também destaca alguns dos resultados alcançados pelas duas edições do Programa de Editais da PRCEU-USP. A publicação está disponível para download no site: www.prceu.usp.br/revista.

A  revista apresenta  dois  textos  referentes  ao  Programa de Editais da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU-USP). O primeiro, Memórias da Universidade: Lapsos e Lembranças, por Fernanda Peixoto (FFLCH), faz um balanço crítico dos trabalhos contemplados programa. Ao todo, foram investidos pouco mais de R$ 34 milhões em 244 projetos selecionados nas duas edições do Programa de Editais. Já no texto Editais de Intercâmbio e Difusão Científica: Uma Aproximação entre Arte, Ciência e Cotidiano, a autora, Patricia Moran (ECA), discute a especificidade de cada edital promovido pela Pró–Reitoria de Cultura e Extensão, assim como pontos de contato entre eles. Por meio de tal análise a autora faz uma reflexão sobre a intersecção entre arte e cultura e de que forma a demanda dos editais se completam e oferecem uma alternativa de investimento para a produção universitária.

 Na sequência, a revista traz outros seis artigos, de diferentes áreas do conhecimento, que destacam ações de extensão universitária. O texto Internet como Esfera Global e o Papel Atual dos Parlamentos no Processo Legislativo, dos autores Rubens Beçak e João Victor Rozatti Longhi, da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto, discute a evolução das tecnologias de informática e comunicação e sua aplicação em processos democráticos por meio da manifestação da vontade. Este trabalho procura averiguar a possibilidade de internet ser o verdadeiro veículo da esfera pública e como tal tecnologia afeta o funcionamento da democracia contemporânea.

Outro artigo na mesma temática é o Acesso à Justiça em um Projeto de Extensão Universitária – Um Estudo da Conciliação Extrajudicial na Resolução de Conflitos e Mudança Cultural, dos autores Idiene Aparecida Vitor Proença Pádua, da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), e Paulo de Tarso Oliveira, do Centro Universitário de Franca. Este artigo aborda a extensão universitária em uma experiência realizada em 2012 por acadêmicos e profissionais do Escritório Escola Jurídico Social “Desembargador Ranulfo de Melo Freire”, do Curso de Direito da FESP-UEMG, em que, através do Programa de Atendimento Itinerante Jurídico Social (PAIJUS), promoveu-se a assistência jurídica e demais meios alternativos de resolução de conflitos, com a finalidade de mudança cultural e desenvolvimento humano, assim como o direito de acesso à justiça.

O próximo artigo Registros das Terras Indígenas de Rondônia por meio de Mapas Mentais, de Maria Lucia Cereda Gomide e Alex Mota dos Santos, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), campus Ji-Paraná, é apresentado o resultado dos levantamentos biogeográficos (com ênfase na fauna) realizados por alunos da UNIR, em pesquisa de campo nas aldeias do estado. Por meio de entrevistas, produção coletiva de mapas e desenhos, foi possível a elaboração de mapas mentais pelos índios e a importante discussão sobre recursos naturais em terras indígenas, assim como apoio ao ensino de Geografia nessas localidades.

Já o artigo Educar Para o Mundo: Experiência Extensionista Popular para Direitos Humanos e Migrações, escrito pelo Coletivo Educar para o mundo, projeto de extensão do Instituto de Relações Internacionais (IRI-USP), foca a questão da inserção em escolas locais de crianças de famílias de imigrantes latino-americanos no Brasil.

Em A Atividade de Extensão Universitária, o Jardim São Remo e uma Instituição Educacional – Desafios na Criação de um Campo Comum de Trabalho, de Adriana Marcondes Machado e Laura Albuquerque Azevedo, do Instituto de Psicologia (IP-USP), é relatado o trabalho de caráter público desenvolvido por alunos, professores e funcionários do Instituto no espaço Girassol, instituição de atividade complementar à escola, localizado no Jardim São Remo.

O próximo artigo A Extensão Universitária em História através da Elaboração de Instrumentos de Pesquisa, por Denise Aparecida Soares de Moura, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), faz um relato da experiência de elaboração de um catálogo temático e de referência de documentos de época. O material utilizado foi a correspondência trocada entre as capitanias do Brasil e o Conselho Ultramarino, em Lisboa, entre os séculos XVII-XVIII.

Finaliza esta edição o texto Errar Todos os Seres Erram, Persistir no Erro é Humano, de Diana Helena de Benedetto Pozzi, editora responsável do periódico.

Acesse a edição completa em: https://prceu.usp.br/revista.

Foto: Recorte de ilustração de capa do volume 13 da Revista de Cultura e Extensão USP. Créditos: Julia Kaffka.

Revista de Cultura e Extensão USP - Volume 13
    • obs: Acesse o site e leia ou baixe as edições gratuitamente