O Brasil dos dinossauros é apresentado por paleontólogo em evento gratuito

Encontro, com foco no público infanto-juvenil, será no Parque CienTec e terá curiosidades e amostras de fósseis

Acontece no dia 21 de outubro (sábado), às 15h, encontro com o tema “O Brasil dos Dinossauros – Retratos do Tempo Profundo”, no Parque de Ciência e Tecnologia da USP (Parque CienTec). O ministrante é Luiz Eduardo Anelli, professor do Instituto de Geociências da USP e escritor.

Com foco no público infanto-juvenil, a palestra constituirá um panorama do Brasil pré-histórico a partir dos dinossauros que viveram no país nessa época. “Nós tivemos uma pré-história muito bonita, com geleiras, desertos, vulcões e mares que cobriam o Brasil, e praticamente desconhecemos tudo isso”, ressalta o paleontólogo Anelli.

De acordo com o professor, os primeiros dinossauros surgiram na América do Sul, durante o período triássico. Desses, cerca de 6 ou 7 esqueletos se preservam no Brasil. Não se tem registros fósseis brasileiros desses animais do período seguinte, o jurássico, porque as bacias sedimentares ainda não estavam ativas. Posteriormente, porém, no cretáceo, os dinossauros se espalharam pelo mundo, deixando diversos registros fósseis – assim como as aves, que nesse momento já habitavam o Brasil.

O estudo desses fósseis permite saber, por exemplo, como esqueletos de dinossauros do jurássico foram encontrados na Antártica. “Eles chegaram lá porque os continentes estavam unidos no supercontinente Pangeia”, explica Anelli. “A Antártica só foi congelar 150 milhões de anos depois. Lá, na verdade, existiam florestas”. Muitos dos dinossauros que viveram no Brasil há 100 milhões de anos têm parentesco com fósseis encontrados na África, a 7 mil quilômetros de distância.

Durante a palestra, o professor ainda irá contar diversas curiosidades sobre o Brasil pré-histórico. “O único xixi do mundo atribuído a um dinossauro foi encontrado nessas areias”, antecipa o paleontólogo, referindo-se a um deserto de dunas que no passado cobria parte do território do país, 100 vezes maior que o Saara. Anelli revela que, no sábado, irá mostrar uma cópia desse fóssil, além de cabeças de dinossauros.

Serviço

O Brasil dos Dinossauros – Retratos do Tempo Profundo
Onde | Parque CienTec | Parque de Ciência e Tecnologia da USP
Av. Miguel Stéfano, 4.200, Água Funda – São Paulo/SP (próximo ao Zoológico)
Quando | 21 de outubro (sábado), às 15h
Quanto | Gratuito
Mais informações |  (11) 5077-6304 ou parquecientec@usp.br

Por Comunicação Institucional - PRCEU

O Brasil dos Dinossauros – Retratos do Tempo Profundo
  • Parque CienTec
    • Sábado
    • A partir das 15:00.
    • Av. Miguel Stéfano, 4.200, Água Funda
    • São Paulo - SP
    • tel: (11) 5077-6304