• A+
  • A-
Fechar
Exposição apresenta obras em diferentes suportes e suas relações com a cidade

Exposição apresenta obras em diferentes suportes e suas relações com a cidade

Comunicação - PRCEU - 15/06/2023

Laerte Ramos explora versões de obras com as mesmas temáticas, privilegiando materiais não convencionais na arte contemporânea

 

O Centro MariAntonia da USP inaugura, no dia 22 de junho, às 18 horas, a exposição Versus, individual do artista Laerte Ramos, que traz um conjunto inédito de obras que transitam entre a cerâmica e a tapeçaria. A curadoria é da pesquisadora Ana Carla Soler. A entrada é gratuita e a visitação é realizada de terça a domingo e feriados, das 10 às 18 horas. 

Ramos expõe um conjunto de 100 armas desenvolvidas em cerâmica que são repartidas em duas faces que apontam uma contra a outra, tendo uma explosão retorcida na extremidade de todas as armas que se automiram de lados opostos. Coloridas, retornando às cores de brinquedos de suas peças originais, o artista retoma esta temática utilizando os mesmos moldes da obra Arma branca (2010), vencedora do Prêmio Marcantônio Vilaça em 2012. 

Segundo o artista, o principal eixo condutor de suas pesquisas são os meios reprodutivos da imagem, as seriações em diferentes suportes e a relação com as cidades em que são produzidas ou expostas. Ramos ressalta que “faço versões com as mesmas temáticas e aprofundo minhas pesquisas em camadas que enaltecem técnicas e aprimoramentos de materiais não convencionais na arte contemporânea”. 

Em Versus, Ramos traz duas tapeçarias, uma em lã tingida utilizando o ponto Cruz de Smirna, e a segunda tapeçaria cruzando técnicas de tear de pente liço com tramas de miçangas criando uma obra que desafia o ato de tecer e tramar levando as miçangas para outro patamar. 

Estas tapeçarias fazem parte da série Nós do Caos, um leque que se abre na pesquisa de Laerte que busca as relações entre o pixel e o nó, utilizando computador para desenhar e o tear e a tela para tramar. Esta série é um desdobramento de outras obras que o artista explora a impressão lenticular em uma vertente das obras e em outras a lã de carneiro onde trama os trabalhos utilizando o pé e folhas de bambu. 

O artista apresenta também seus almanaques disponíveis para download gratuito, trilha sonora para visitação da exposição e documentários das produções das obras como ferramentas de aproximação do público para com a sua poética e a arte contemporânea no geral.

 

Quem é Laerte Ramos

Destaca-se no panorama da arte contemporânea brasileira especialmente pela produção em gravura e instalações em cerâmica. Trabalha com diversas linguagens como xilogravura, serigrafia, pintura, escultura, tapeçaria, objetos, utilizando técnicas e materiais que o desafiam como artista-pesquisador.

Bacharel e licenciado em artes plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), seus trabalhos excedem o caráter de meras peças unitárias e cruzam diferentes linguagens para modificar o compreensão destas e do espaço em que se inserem.

Desde a segunda metade da década de 1990, Laerte Ramos tem participado de importantes mostras coletivas e, nos últimos 26 anos realizou diversas exposições individuais, no Brasil e no exterior. 

Participou de programas de residência artística (França, Suíça, Holanda, Portugal e China) e foi contemplado com prêmios, dentre os quais o prêmio suíço Lelocleprints (2004), o Prêmio Marcantônio Vilaça – Pró Cultura/ MinC (edições de 2012 e 2013), e o Prêmio Mostras de Artistas no Exterior da Fundação Bienal de São Paulo/ Phoenix Institute of Contemporary Arts (2011).

Representou o Brasil na Expo Milano/2015 com uma grande instalação de cerâmica que ocupou o Octógono da Pinacoteca de São Paulo no ano anterior.

Tem 51 exposições individuais, 7 participações em residências artísticas e 32 prêmios como artista. Já como curador, Laerte possui 10 exposições e dois prêmios, destacando o Prêmio Marcantônio Vilaça em 2020 com a mostra Compreensão do Ar ou (E = M2)

Atua desde 2017 também como curador e atualmente é diretor do Ar: Acervo Rotativo – uma coleção independente de arte contemporânea em pequenas dimensões. À frente da produtora Studium Generale, possibilita diversas frentes de troca de saberes com residência em seu ateliê e projetos de exposições entre outras parcerias culturais. 

 

Serviço

Exposição Versus, de Laerte Ramos

Abertura 22 de junho – a partir das 18 horas 

 

Onde |  Centro MariAntonia da USP – Edifício Joaquim Nabuco

Rua Maria Antônia, 258 – Vila Buarque – São Paulo, SP (próximo às estações Higienópolis e Santa Cecília do metrô)

Quando | De 22 de junho a 10 de setembro de 2023

Visitação | terça a domingo e feriados, das 10 às 18 horas 

Classificação | Livre

Quanto | Grátis

Informações | (11) 3123-5202

Exposição apresenta obras em diferentes suportes e suas relações com a cidade
  • Classificação: Livre
    Não há Comentários :(
    Atenção!!! Não escreva dúvidas ou perguntas. Utilize o canal específico Fale Conosco.