• A+
  • A-
Fechar

USP Cultura em Casa | Patrimônio Cultural

Comunicação - PRCEU - 31/03/2020

Header Cultura em Casa - Patrimonio Cultural

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin 

As atividades presenciais da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) estão suspensas. Mas esta importante coleção de livros também pode ser conhecida e explorada por meios digitais.

Conheça e se surpreenda com o acervo virtual (e.usp.br/ffl) e o projeto interativo Atlas dos Viajantes do Brasil (e.usp.br/ffm).

Também está disponível no site da Biblioteca a série Epidemias do Passado, preparada especialmente pela equipe de especialistas a partir do acervo para o momento atual. Os primeiros textos da série, já publicados, são: Retirada da Laguna: a doença como pior inimigaUma epidemia entre os tupinambás narrada por Hans Staden e Sarampo, Belém, 1748 e Febre amarela, Rio de Janeiro, 1850. Novos conteúdos estão sendo disponibilizados continuamente.

Além destes conteúdos, a BBM publicou em maio a quarta edição, online, do Boletim 3×22, “Pluralidades Indígenas”, com a participação de grandes referências na área e curadoria de Xindêda (Diego) Puri e Betty Mindlin: um indígena mestrando em Literatura Brasileira e uma antropóloga dedicada à justiça e valorização das culturas indígenas. O projeto 3 vezes 22 é uma ação que cruza as temporalidades da Independência (1822), da Semana de Arte Moderna (1922) e da história do nosso tempo presente (2022), utilizando o acervo da BBM para trazer uma análise reflexiva e crítica da história brasileira, projetando questões que possam nortear a construção do nosso futuro. Para ler a publicação, clique aqui. E para saber mais sobre todos os números e sobre as edições do Boletim, clique aqui.

E, por fim, para os que vão prestar vestibular, a instituição está promovendo a versão online de seu já tradicional projeto BBM no Vestibular, que desde 2017 realiza encontros sobre os livros da FUVEST, discutindo as obras e ampliando o acesso e a compreensão literária. Diante do cancelamento dos eventos presenciais de 2020, os encontros passaram para uma versão virtual, já que os calendários dos exames de acesso às universidades vêm sendo mantidos. Acompanhe neste link.


Engenho dos Erasmos

 A equipe do Engenho dos Erasmos em Santos está trabalhando em diversos projetos e um deles tem como objetivo indicar livros, filmes e conteúdos para que você estude, aprenda e tenha acesso à produção cultural durante a quarentena.

Os primeiros conteúdos são sobre Hans Staden, mercenário alemão que esteve duas vezes no Brasil durante o Século XVI e que participou de combates em Pernambuco e São Vicente, contra franceses e seus aliados indígenas. Também foi prisioneiro dos índios tupinambás e quase foi devorado, mas conseguiu escapar e sobreviveu para contar a sua aventura. Seu livro fez enorme sucesso na Europa da época. Acompanhe essa história e muitas outras clicando aqui!

Além disso, tem muito mais conteúdo sendo promovido pelo Engenho, como a série Then and Now, um projeto fotográfico que mescla fotos antigas com as atuais, revelando modificações sofridas ao longo do tempo no sítio histórico. Ou o desafio Safári de Árvores, uma ação de interatividade com o público e propondo uma oficina virtual na qual os participantes conseguem participar mesmo de dentro de casa! Confira!

No dia 5 de outubro, Dia Nacional da Ave, foi lançado o Guia de Aves do Engenho dos Erasmos. Conheça aqui o material, rico em fotos e textos descritivos sobre os pássaros mais encontrados nesse que é um importante ponto de observação.


Centro Universitário Maria Antonia

Sede de exposições, encontros, mostras de cinema, debates e palestras, este centro cultural está disponibilizando vídeos com alguns dos convidados que estiveram lá nos últimos anos.

São pequenos vídeos inéditos sobre o momento atual e também vídeos sobre outros temas que foram gravados em outras oportunidades e agora estão sendo editados e disponibilizados. Clique aqui para ver.

 

Centro de Preservação Cultural – Casa de Dona Yayá

Fachada Casa de Dona YayaA  Universidade de São Paulo agrega um rico patrimônio cultural de sítios e obras, acervos e coleções, e referências culturais, que cumpre importante papel na construção do conhecimento, nas pesquisas científicas e na extensão universitária. Acontecimentos e fatos marcantes relacionados à memória e ao patrimônio cultural da Universidade de São Paulo são o tema do projeto Memória USP, que o Centro de Preservação Cultural (CPC) acaba de lançar.  Além deste projeto, para identificar e tornar conhecido esse patrimônio, o Centro de Preservação Cultural produz a série Guias CPC:

GUIA DOS BENS TOMBADOS OU EM PROCESSO DE TOMBAMENTO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Este guia apresenta os edifícios, monumentos, conjuntos e sítios oficialmente reconhecidos ou  em processo de reconhecimento pelos órgãos de preservação do patrimônio. O conjunto reúne exemplares da arquitetura colonial, neoclássica, art-noveau, neocolonial e moderna, executados em taipa, alvenaria de tijolos e estrutura de concreto, que foram representam marcos de renovações estéticas e construtivas, através dos quais é possível investigar os modos de criar, construir e viver de uma determinada sociedade.  São manifestações de vários períodos, técnicas e estética, alguns de autoria de reconhecidos profissionais e apresentam distintas orientações de restauro realizadas ao logo do tempo, constituindo uma inesgotável fonte de pesquisa no campo da preservação cultural.

 Conheça aqui os conjuntos, construções e sítios da USP.

GUIA MUSEUS E ACERVOS DA USP
Este guia apresenta o importante conjunto de acervos, coleções e centros de divulgação científica e cultural distribuído pelo Estado de São Paulo que cumprem importante papel na construção do conhecimento, nas pesquisas científicas e na extensão universitária.  Ao todo, estão reunidas 45 unidades de acervos ou centros de divulgação científica e cultural acessíveis ao público. Os acervos incluem coleções artísticas e didáticas de ciências naturais, arquivos pessoais de intelectuais e acadêmicos, conjuntos documentais reunidos em pesquisas nos mais variados campos do saber, arquivos administrativos que documentam a trajetória da Universidade, além de acervos arqueológicos das mais diversas origens.

Conheça aqui os museus e acervos da USP.

De Sebastiana a Dona Yayá
Você já ouviu falar da Dona Yayá? Sebastiana de Mello Freire, nascida em 21 de janeiro de 1887, pertenceu a uma aristocrática família paulista marcada por acontecimentos trágicos. Dona de grande fortuna, Dona Yayá, como era chamada, por volta dos 30 anos foi diagnosticada com distúrbios mentais e passou o resto de sua vida isolada em um casarão no centro da cidade de São Paulo. De Sebastiana a Dona Yayá é um poema em cordel de autoria de Varneci Nascimento e ilustrado com xilogravura de Marina Nabuco que conta a memória e história de Dona Yayá. Reconhecida desde 2018 como patrimônio cultural brasileiro, a literatura de cordel é uma manifestação cultural relevante tanto como expressão e gênero literário, como também ofício e saber popular caracterizado pela contribuição de poetas, folheteiros, ilustradores, tipógrafos, designers, artistas gráficos, entre outros. Veja aqui, em formato PDF ou Epub.

Está disponível, também, a íntegra do debate sobre os desafios da preservação dos espaços públicos de cultura e lazer e os instrumentos legais de proteção do patrimônio com a professora Simone Scifoni do CPC, Sérgio Mamberti e Eugênio Lima.

 

Revista USP INTEGRAção

A PRCEU publica a revista USP INTEGRAção, que traz ao leitor curiosidades e informações sobre projetos de cultura e de extensão desenvolvidos pela USP junto à comunidade.

Você fica conhecendo mais sobre esse universo com textos de estilo jornalístico e informal. Acesse em cultura.usp.br/revista.

 

LISA – Laboratório de Imagem e Som em Antropologia

LISA, Laboratório de Imagem e Som em Antropologia

Abriga um acervo de cerca de 1800 vídeos, 12000 imagens (entre fotos, cromos e chapas de vidro), 180 horas de registros sonoros (fitas cassetes, discos, CDS, arquivos digitais), além de documentos de referência, como livros, teses e catálogos.

A produção dos filmes produzidos por sua equipe podem ser acessados no endereço lisa.fflch.usp.br/videos. Oportunidade valiosa de conhecer e endender outras culturas, das mais diversas, do mundo todo!

 

Museu do Ipiranga

Giro Cultural USP - A USP e a São Paulo Modernista - Museu Paulista

Um dos principais e mais conhecidos museus de São Paulo está passando por reformas e por isso já estava fechado à visitação pública há algum tempo. Porém, é possível realizar uma visita virtual pelo espaço de forma lúdica e interativa.

O Museu oferece ainda atividades como vídeos de 29 palestras realizadas entre 2016 e 2020, ou a exposição virtual A Independência do Brasil na Tela: Imaginando o Grito do Ipiranga, que permite explorar virtualmente em detalhes a famosa obra Independência ou Morte, de Pedro Américo. Está disponível também de forma digital a mostra Viagens Fluviais, do Museu Republicano de Itu.

Para acompanhar e ver mais detalhes dessas e outras iniciativas online, visite o site do museu e a página da instituição no Facebook.


Instituto de Estudos Brasileiros

Logo Ieb

A partir de abril, o Instituto oferece a programação IEB às 14h. Todos os dias, às 14h, é publicado um novo podcast com análise de documentos, informações sobre o acervo, discussão de conceitos, a partir da pesquisa e do material disponível no Arquivo, Biblioteca ou Coleção de Artes Visuais do IEB ou resultado da reflexão nas áreas de conhecimento que o Instituto congrega: Artes, Literatura, Música, História, História Econômica, Geografia, Economia, Antropologia, Museologia e Sociologia. O endereço é ieb.usp.br/podcast.


Grupo de Estudo e Pesquisa em História Oral e Memória (GEPHOM)

Webseminários - Video Gephom Usp

O GEPHOM lança uma série de webseminários sobre história oral para serem vistos durante a quarentena. São cinco mini-palestras, de até 6 minutos, preparadas por  pesquisadores abordando vários temas. A primeira delas fala sobre O que é história oral? e já está disponível no canal do Youtube. Os outros temas, que estão sendo adicionados a cada dois dias, incluem assuntos como transcrição, história pública e tipos de entrevista, entre outros.  Os vídeos são voltados a todos os que têm interesse ou curiosidade sobre temas da história oral e memória.

Footer Cultura em Casa Grosso

← voltar para USP Cultura em Casa

App Entreartes USP

Clique na imagem para acessar o QR Code do programa entreartes

USP Cultura em Casa | Patrimônio Cultural
    
Não há Comentários :(
 
Atenção! Não escreva dúvidas ou perguntas. Utilize o canal específico Fale Conosco.