Atestados de Participação – 5º Simpósio

Para ter acesso ao Atestado de Participação do 5º Simpósio Aprender com Cultura e Extensão, realizado nos dias 17 e 18 de novembro de 2015, clique em:
http://prceu.usp.br/atestados/aprender/simposio/5/
e insira seu e-mail informado no ato de sua inscrição.

PREMIADOS – 5º Simpósio Aprender com Cultura e Extensão

Humanidades

1º Lugar: ID 10559 – Pé de Meia – FEARP
Coordenador: Alexandre Chibebe Nicolella
Apresentador: Felipe Lucas Gerardi

2º Lugar: ID 10487 – Idosos Online – EACH
Coordenadora: Meire Cachioni
Apresentadora: Leslier Buch de Souza Arruda

Menção Honrosa Especial
ID 9424 – PESC – Programa de Extensão de Serviços à Comunidade – FEA
Coordenador: Carlos Alberto Pereira
Apresentador: Levy Augusto Garcia Ferreira

Menções Honrosas
ID 10946 – Centro de Voluntariado Universitário – CVU – FEARP
Coordenadora: Adriana Cristina Ferreira Caldana
Apresentador: Gabriel Elias Correa da Silva Soares

ID 10716 – Cineclubinho CDCC – CDCC
Coordenador: Valter Luiz Libero
Apresentador: Alex Frederico Ramos Barboza

ID – 10890 – Avaliação e Revisão do Plano Diretor Socioambiental Participativo do Campus Luiz de Queiroz – ESALQ
Coordenador: Miguel Cooper
Apresentador: Sidnei Enriqui da Silva

 

Exatas

1º Lugar: ID 10815 – Explorando o Potencial Científico-Social do Estudo de Fósseis no Ensino Básico: Aprimoramento de um Kit de Capacitação do Professor – IGc
Coordenadora: Juliana de Moraes Leme
Apresentadora: Lorraine Silva Pinto Mendes

2º Lugar: ID 10726 – Programa Universitário por um dia – 4ª Etapa – IFSC
Coordenador: Antonio Carlos Hernandes
Apresentadora: Letícia Cristina Chiavini do Couto Pradella

Menções Honrosas
ID 11072 – Experimentar Ciência: formação inicial e continuada se encontram na experimentação – FFCLRP
Coordenadora: Daniela Gonçalves de Abreu
Apresentadora: Jéssica Guastalli Barbieri

ID 10820 – Desenvolvimento de um aparato para demonstrações públicas com uso de ferrofluido – IFSC
Coordenador: Emanuel Alves de Lima Henn
Apresentador: Marcos Paulo Miotti

ID E11308 – Projeto Semente: Aprendendo com Tecnologia – EESC
Coordenadores: Daniel Varela Magalhães e Rogério Andrade Flauzino
Apresentadora: Julia L. Scatolin

 

Biológicas e da Saúde

1º Lugar: ID 9544 – Programa Continuado de Treinamento em Suporte Básico de Vida: Curso de Ressucitação de Parada Cardíaca – EEFE
Coordenadora: Tais Tinucci
Apresentador: Vitor Medalla Barbosa

2º Lugar: ID 10573 – Assistência de Enfermagem ao Paciente Portador de Bexiga Neurogênica Usuário de Cateterismo Urinário Intermitente – EERP
Coordenadora: Alessandra Mazzo
Apresentador: Leonardo Orlandin

Menções Honrosas
ID 10715 – Jovens e Adultos com Limitações para Realização de Atividades no Mundo do Trabalho: A Construção de Apoios para a Participação (fase 3) – FM
Coordenadora: Fátima Correa Oliver
Apresentadora: Caroline Ferreira Jorge

ID 10703 – Programa de Educação Alimentar – PRAUSP: Uma Estratégia Multidisciplinar no Combate à Obesidade – EERP
Coordenadora: Rosane Pilot Pessa Ribeiro
Apresentadora: Bruna Catanante

ID 11036 – Aspectos Sociais Cognitivos Comportamentais de Adolescentes do Sexo Feminino: Uma Proposta de Intervenção em Escolas Técnicas da Cidade de São Paulo – FSP
Coordenadora: Sonia Tucunduva Philippi
Apresentadora: Letícia Mucci da Conceição

Critérios para Homologação de Projetos – Edital 2015/2016

(acesse a versão em pdf : Relatório Final – Tabelas – Aprender 2015-2016 )

A Comissão de Acompanhamento do Programa Aprender com Cultura e Extensão, com vistas aos procedimentos de qualificação continuada, estabeleceu os seguintes princípios para a distribuição de bolsas aos projetos inscritos no Programa:

1ª EtapaValorizar as deliberações das Comissões de Cultura e Extensão Universitária privilegiando as classificações de prioridades realizadas nos projetos.

2ª Etapa Observar o princípio do respeito à análise efetuada pelos pareceristas/relatores que hoje totalizam, no Programa, um grupo de mais de 5.500 (cinco mil e quinhentos) docentes de todas as áreas da Universidade de São Paulo.

3ª Etapa Valorizar a ação de coordenadores/proponentes que atuam fortemente nos projetos observando os requisitos do Programa, como o uso de vagas disponibilizadas, a participação em seu Simpósio e a apresentação de relatórios nos prazos estabelecidos.

4ª Etapa Corrigir eventuais distorções que possam ter ocorrido nas etapas anteriores do processo.

 

 1ª Etapa

Os Projetos, a partir da classificação absoluta[1] de prioridade realizada pelas Unidades, foram distribuídos em 16 células referenciais estabelecendo, desta forma, uma classificação relativa ao universo de projetos e Unidades inscritos no Programa.

As células foram identificadas com a numeração de 15 a 0, sendo que os projetos com melhor classificação relativa ocuparam a célula 15 (quinze) e os com baixa classificação a célula 1 (um). Os projetos com classificação absoluta superior a 90 (noventa), ou aqueles não recomendados por pareceristas/relatores, independente de sua classificação absoluta, foram alocados na célula 0 (zero).

A classificação relativa estabeleceu nível mais adequado à relevância de cada projeto dentro do conjunto geral de projetos. Assim, foi eliminado o efeito/distorção gerado pela classificação absoluta entre Unidades que apresentaram mais projetos diante das que apresentaram menos.

 A distribuição, para classificação relativa, obedeceu ao seguinte processo:

Tomando-se o total de projetos da Unidade/Órgão foi feita a divisão por 15[2] e o resultado correspondeu ao número de projetos daquela Unidade/Órgão que ocupou as células na classificação relativa. Para os resultados com números não inteiros, o preenchimento se deu decrescentemente até que se atingisse o número total de projetos (15 à 1).

 

Para melhor compreensão, 3 exemplos de distribuição:

Unidade X = 77 projetos projetos divididos em 15 células resultam 5 (cinco inteiros) por célula e, atingindo o limite, 2 dão início ao ciclo de distribuição (15 à 1), passando as células 15 e 14 para 6 projetos.

Unidade Y = 26 projetos divididos em 15 células resultaram 1 (um inteiro) por célula e os 11 restantes dão início ao ciclo de distribuição (15 à 1), passando as células 15 à 05 para 2 projetos.

Unidade Z = 8 projetos divididos em 15 células não resultam sequer 1 (um inteiro). Assim, os 8 obedecem ao ciclo de distribuição (15 à 1), passando as células 15 à 08 para 1 projeto cada.

 

Todos os projetos iniciaram o processo com pontuação igual a 5 (cinco) e tiveram sua pontuação multiplicada pelo valor da célula de classificação relativa. Tal fato coloca em igualdade de condições projetos consolidados e projetos em primeira inscrição, estimulando o sistema de qualificação e ampliação de alcance das atividades de cultura e extensão a serem realizadas.

Assim, os projetos obtiveram a pontuação máxima de 75 (setenta e cinco) na célula 15 e pontuação mínima de 5 (cinco) na célula 1, de acordo com os critérios estabelecidos em suas Unidades de origem, especializadas em suas áreas.

2ª Etapa

Em observância aos pareceres dos relatores, os projetos que obtiveram parecer contrário foram, automaticamente, posicionados na célula 0 (zero), ou seja, indeferidos ou desclassificados. Este procedimento descentraliza as instâncias de análise, dá transparência à qualificação do mérito e possibilita a todo o corpo docente USP, que integra a base de pareceristas, hoje mais de 5.500 (cinco mil e quinhentos), avaliar aos projetos e atividades da área de cultura e extensão.

3ª Etapa

Depois de aplicada a classificação relativa e os devidos indeferimentos por análise de mérito das CCEx e dos pareceristas, passou-se aos demais critérios de pontuação:

       Utilização de todas as bolsas na edição anterior do Programa

  • caso não tenha utilizado bolsas, o coordenador/proponente perdeu 30 (trinta) pontos.

       Participação no Simpósio Aprender com Cultura e Extensão

  • caso não tenha participado, o projeto perdeu 25 (vinte e cinco) pontos;
  • caso tenha justificado a  ausência, o projeto perdeu 15 (quinze) pontos;
  • caso tenha justificado a ausência e encaminhado pôster para afixação, o projeto perdeu 10 (dez) pontos.

       Entrega do Relatório Final

  • caso não tenha cadastrado o relatório no  Sistema Corporativo Apolo, o projeto perdeu 20 (vinte) pontos;
  • caso não tenha cadastrado no Sistema, entretanto, enviado por e-mail mediante justificativa, o projeto perdeu 10 (dez) pontos.

 

4ª Etapa

A distribuição das bolsas ocorreu na faixa de pontuação de 75 (setenta e cinco) pontos positivos a 70 (setenta) pontos negativos. A Comissão de Acompanhamento do Programa avaliou o número de bolsas destinadas a cada projeto de forma a atender ao maior número de solicitações/projetos possível.

Desta forma, após a distribuição das bolsas aos projetos contemplados, a Comissão de Acompanhamento do Programa partiu para a etapa de corrigir possíveis distorções do processo. Para tanto, foi projetada uma tabela prévia dos resultados e examinou-se a porcentagem de projetos e bolsas contemplados por Unidade/Órgão.

Buscando-se solução equânime na distribuição dos projetos e bolsas por Unidade, posto que todos foram previamente aprovados por parecer de mérito, a Comissão manteve a coerência baseada em méritos e realocou  uma pequena quantidade de bolsas e projetos a fim de atender a demanda da Universidade, e também ao equilíbrio com o maior número possível de projetos e bolsas por Unidade/Órgão.

 

 RESULTADOS – Panorama 2015/2016 –

  • 1002 projetos inscritos
  • 3003 bolsas solicitadas

A partir da análise dos pareceristas:

  • 73 projetos não recomendados
  • 929 recomendados

A partir da Classificação de Prioridade da Unidade/Órgão, considerando os projetos recomendados:

  •  982 projetos classificados entre 1 e 77
  • 16 projetos com classificação maior ou igual a 90 (desclassificados)

Após a finalização dos trabalhos da Comissão

  • 649 projetos contemplados
  • 1118 bolsas homologadas
  • 82 bolsas reservadas para análise de eventuais recursos

 

Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

Comissão de Acompanhamento do Programa Aprender com Cultura e Extensão – 19/03/2015.

 


[1] entende-se como classificação absoluta a classificação de prioridade realizada pela CCEx, ou órgão equivalente, no âmbito da Unidade/Órgão.

[2] a divisão foi feita por 15 (quinze) por ser esta a média resultante da divisão do total de projetos pelo total de Unidades participantes (1002 / 67 = 14,955).

 

 

PREMIADOS – 4º Simpósio Aprender com Cultura e Extensão

Ciências Biológicas e da Saúde

 

1º: Difusão de Informações sobre Medicamentos pelas Ondas do Rádio: Uma proposta de educação em saúde – Unidade: FCFRP

Bolsista: Evandro de Nadai Silia

Coordenadora: Regina Celia Andrade

 

 2º: Prescrição do dia: Infusão da Alegria. Proposta da Cia do Riso para crianças e adolescentes hospitalizados – Unidade: EERP

Bolsista: Mariane Caetano Sulino

Coordenadora: Regina Lima

 

 3º: Criação de Folheto explicativo contendo imagens microscópicas de tecidos animais e vegetais – Unidade: ICB

Bolsista: Caio Cesar Gomes de Sousa

Coordenadora: Vanessa Morais Freitas

 

Menções Honrosas para a área de Biológicas:

Escola de Enfermagem – EE

ID 8496 – Revisão do sistema de registro informatizado de notificações de agravos em unidade hospitalar: elaboração de estratégias facilitadoras

Coordenadora: Maria Clara Padoveze Fonseca Barbosa

Instituto de Biologia – IB

ID 8716 – Estação Biologia: formação de novos monitores

Coordenador: Beatriz Pacheco Jordão

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – FMRP

ID 8135 – Projeto de Inclusão Digital de Idosos – PIDI

Coordenadora: Carla da Silva Santana

Faculdade de Medicina – FM

ID 8431 – Jovem Doutor: ambiente interativo de aprendizagem em saúde para eHealth, telecentros e espaços culturais de ciência

Coordenador: Chao Lung Wen

Instituto de Ciências Biomédicas – ICB

ID 8077 – SynbioBrasil: Clube de Biologia Sintética: Pesquisa, Inovação e Difusão em Biologia Sintética

Coordenador: Luiziana Ferreira da Silva

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – FMRP

ID 8494 – Idealização, organização e divulgação do anuário de atividades da divisão de oftalmologia do HCRP – FMRP – USP

Coordenador: Eduardo Melani Rocha

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – FFCLRP

ID 8165 – Recuperação pós-incêndio do Banco Genético da Floresta da USP- RP

Coordenadora: Elenice Mouro Varanda

 

Ciências Exatas

 

1º: Movimento com Ciência: Aulas experimentais para alunos da rede pública de Lorena e região – Unidade: EEL

Bolsista: Rodrigo Aparecido da Silva      

Coordenadora: Sandra Schneider

 

2º: Materiais didáticos inclusivos para o ensino-aprendizagem de Química – Unidade: FFCLRP

Bolsista: Maria Carolini Lima de Mello

Coordenadora: Glaucia Maria da Silva Degreve

 

3º: Arte e Ciência no Parque – Unidade: IF

Bolsista: Guilherme Ricardo Prazeres Correa

Coordenador: Mikiya Muramatsu

 

Menções Honrosas para a área de Exatas:

Escola Politécnica – EP

ID 8200 – Renovando espaços físicos dos restaurantes

Coordenador: Sérgio Leal Ferreira

Centro de Difusão Científica e Cultural – CDCC

ID 8279 – Cine Observatório: quando astronomia e arte se encontram

Coordenadora: Cibele Celestino Silva

Instituto de Química – IQ

ID 8622 – Química em ação: Teatro e divulgação Científica

Coordenador: Guilherme Andrade Marson

Escola de Artes, Ciências e Humanidades – EACH

ID 8728 – Implantação de uma base cartográfica digital pública da EACH/ USP/LESTE na Internet com softwares abertos e livres. Parte II

Coordenador: Homero Fonseca Filho

Instittuto de Geociências – IGC

ID 8108 – Curadoria e informatização do acervo da coleção científica de Paleontologia do Instituto de Geociências, USP

Coordenadora: Juliana de Moraes Leme Basso

Centro de Difusão Científica e Cultural – CDCC

ID 8274 – A Sala Solar: um espaço para introdução e apreciação da Física Moderna

Coordenadora: Cibele Celestino Silva

Instituto de Astronomia e Geofísica – IAG

ID 8723 – 80 anos de Estação Meteorológica do IAG/USP

Coordenador: Ricardo de Camargo

 

Ciências Humanas

 

1º: PESC – Programa de extensão de serviços à comunidade – Unidade: FEA

Bolsista: Marcos Vinícius Alves Passos

Coordenador: Carlos Alberto Pereira

 

2º: Pesquisa e prática jurídica em direito e sexualidade – Unidade: FD

Bolsista: Matheus Caetano Tocantins

Coordenador: José Reinaldo de Lima Lopes

 

3º: Espaço interativo de Ciências INBEQMeDI/CIBFar: educação e difusão de ciências em Biologia Estrutural, Biotecnologia, Biodiversidade, e Novos Fármacos – Unidade: IFSC

Bolsista: Bianca Rabello

Coordenadora: Leila Beltramini

 

Menções honrosas para a área de humanas:

Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto – FEARP

ID 8443 – Estabelecendo a relação família-escola no processo de aprendizado infantil no âmbito de uma organização social

Coordenadora: Simone Vasconcelos Ribeiro Galina

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

ID 8057 – Edição de manuscritos dos séculos XIX e XX: formação de corpus do projeto História do Português Paulista

Coordenadora: Verena Kewitz

Escola de Artes, Ciências e Humanidades – EACH

ID 8023 – Idosos Online

Coordenadora: Meire Cachioni

Instituto de Ciências Matemáticas e da computação – ICMC

ID 8156 – As Olimpíadas Brasileiras de Matemática na escola Pública de São Carlos

Coordenadora: Edna Maura Zuffi

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – FMVZ

ID 8236 – Educando através dos animais: o papel da Zooterapia no cotidiano de escolares

Coordenador: Maria de Fátima Martins

Instituto de Física de São Carlos – IFSC

ID 8289 – Clubes de Ciências para alunos da rede pública de ensino

Coordenadora: Nelma Regina Segnini Bossolan

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiróz” – ESALQ

ID 8348 – Vivências em Educação Ambiental: formação de agentes multiplicadores socioambientais na comunidade interna e externa ao campus Luiz de Queiroz

Coordenador: Edson José Vidal da Silva

Realização de entrevistas e seleção

Os coordenadores, de posse da lista de alunos classificados por critério socioeconômico, deverão realizar, obrigatoriamente,  entrevistas com todos os candidatos inscritos em seu projeto, de 08 a 29 de junho de 2015, a fim de selecionar aqueles que serão seus bolsistas. Os resultados das entrevistas serão registrados, pelo Coordenador, no Sistema Corporativo Apolo. Alunos que não forem inicialmente selecionados comporão uma lista de suplência e poderão substituir bolsistas eventualmente desligados.

Coordenadores de projetos homologados e que, por características de sua área, exijam que o aluno candidato à bolsa detenha conhecimentos específicos, tendo finalizado o processo de seleção a partir da lista de inscritos e ainda dispondo de vagas, poderão formalizar solicitação à Pró‐Reitoria de Cultura e Extensão Universitária para que esta efetue análise e, se julgar pertinente, a qualquer prazo, permita a inscrição de novos candidatos às vagas remanescentes no projeto.

Aos coordenadores dos projetos caberá a avaliação do perfil acadêmico dos candidatos a bolsistas, obedecendo aos critérios estabelecidos e dando prioridade àqueles com maiores dificuldades, por razões socioeconômicas, de permanência na Universidade de São Paulo.

Para saber como selecionar bolsistas, acesse: SELEÇÃO DE BOLSISTA

 

Declarações e Formulário de Desligamento

O Programa Aprender com Cultura e Extensão disponibiliza modelos de declarações que comprovam a permanência do aluno na bolsa, no entanto, é relevante destacar que o texto pode ser alterado a critério do Coordenador do Projeto, respeitando as normas do Edital vigente e do Termo de Compromisso, uma vez que é ele quem assinará o documento.

Já o Formulário de Desligamento é Padrão e deve ser totalmente preenchido, assinado e encaminhado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária por correspondência eletrônica (aprenderccex@usp.br ). Cabe salientar que há dois modelos, um para quando o Coordenador solicita o desligamento e, outro, quando o bolsista pede para se desligar.

Inscrição no Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil – PAPFE/SAS

Para aqueles que pretendem concorrer às bolsas do Programa Aprender com Cultura e Extensão, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, as inscrições no Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil – PAPFE/SAS  estarão abertas de 13 de abril a 15 de maio de 2015, pelo Sistema Jupiterweb, oportunidade na qual o aluno poderá optar por até dois projetos.

Para maiores informações acesse o Edital: Edital 2015-2016 e para acompanhamento do cronograma, acesse: CRONOGRAMA_Edital 2015.2016

Cabe ressaltar que é OBRIGATÓRIA a inscrição nas duas instâncias: Aprender com Cultura e Extensão e Programa de Apoio à Permanência, para concorrer às bolsas dos projetos apresentados.

Outro ponto importante é que para que os Coordenadores de projetos possam entrar em contato, mais rapidamente com os alunos candidatos, é necessário manter as informações de cadastro, principalmente telefone e e-mail, atualizadas no Sistema Jupiterweb.

Para a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária este é um Programa de grande visibilidade e muito sucesso, portanto, contamos com sua efetiva participação.