Gerontologia – São Paulo

Descrição do curso

Gerontologia é a ciência que estuda o processo de envelhecimento humano. O Bacharel em Gerontologia, identificado como gerontólogo, será preparado para realizar a gestão da atenção ao envelhecimento e à velhice em diversas áreas de atuação. Sua atuação na área da saúde, na área da educação e cultura, na área das políticas públicas, na defesa dos direitos e na área da gestão de organizações e de casos será essencial para os avanços que devem ocorrer no campo da Gerontologia brasileira.
Em outras palavras, o egresso do curso estará preparado para realizar a gestão de organizações públicas e privadas que atendem pessoas que estão envelhecendo. Estará preparado para criar e conduzir programas educativos sobre o envelhecimento para a população em geral, e para profissionais de outras áreas que trabalham com pessoas idosas, em particular. Estará apto para desenvolver intervenções para preparar as pessoas para seu próprio envelhecimento e período de aposentadoria, por meio de gestão de casos e intervenções educativas. O Bacharel em Gerontologia atuará para reduzir mitos e visões estereotipadas sobre as pessoas mais velhas. O egresso receberá e construirá conhecimentos sólidos sobre as políticas públicas de atenção à pessoa idosa, entendendo sua importância e limitações. Assim, também estará apto a formular novas políticas e programas de atenção a esta população. Finalmente, na área da saúde o egresso estará apto a atuar junto a equipes multiprofissionais na gestão de casos clínicos, promoção do bem-estar biopsicossocial e na gestão das instituições de saúde.
Considerando que o gerontólogo tem como foco principal de sua atuação a gestão da atenção ao envelhecimento e à velhice, a partir da promoção do envelhecimento saudável, ativo e significativo, e que esta pressupõe a articulação das dimensões biopsicossociais desse processo, cinco eixos estruturantes se fazem presentes ao longo dos oito semestres do curso: As Bases Biológicas do Envelhecimento; Saúde e Envelhecimento; Fundamentos de Psicologia para Gerontologia; Envelhecimento, Cultura e Sociedade; Gestão em Gerontologia. Cada eixo estruturante é composto por disciplinas curriculares, sequenciadas por critérios de continuidade de conteúdos, requisitos de aprendizagem, grau crescente de complexidade e contato com o campo.
Os estágios práticos ocorrem semestralmente a partir do segundo ano e são caracterizados por níveis crescentes de complexidade: no segundo ano do curso, os estudantes atuam na atenção primária (UBS, Centros de Convivência, entre outros); no terceiro ano, na atenção secundária (albergues para idosos, URSIs entre outros); e no quarto ano, na atenção secundária e terciária (ILPIs, hospitais).

O mercado de trabalho
O crescimento da população de idosos e o aumento da expectativa de vida dos brasileiros fazem com que esse bacharel encontre um mercado promissor. Eles podem encontrar trabalho em unidades básicas de saúde e hospitais, ambulatórios, clínicas especializadas, centros de saúde e de convivência, em instituições de longa permanência para idosos, Centro-Dia, na gestão de programas para idosos, atuação nas políticas públicas. Há perspectiva de emprego ainda em ONGs que atuam na assistência aos idosos. Outro campo que deve crescer é o do ensino, com o objetivo de proporcionar a educação gerontológica para profissionais da área de saúde e para profissionais formais e informais nos cuidados com os idosos. Os bacharéis em Gerontologia encontrarão, inclusive, oportunidades no campo da investigação científica, em institutos de pesquisa e instituições acadêmicas.

Infraestrutura

A EACH possui vários laboratórios didáticos e de pesquisa, incluindo laboratórios de têxtil e moda, simulação e observação, softwares especiais, física e saúde, desenvolvimento em recursos didáticos, química, geologia, biologia, microscopia, gastronomia, multidisciplinares (seco/molhado), estudos do movimento e terceira idade. A Escola dispõe ainda de várias salas de informática, com equipamentos modernos.

Inserção Profissional

Como gestor, o profissional formado no bacharelado em Gerontologia, estará habilitado a realizar avaliações multidimensionais dentro de organizações e a desenvolver planos de ação para a solução dos desafios encontrados para o aperfeiçoamento dos serviços prestados. Atuando como gestor de casos, na área da saúde e na área social, o bacharel em Gerontologia estará apto a realizar a avaliação gerontológica ampla e a elaborar um plano de atenção integral a pessoa idosa. Faz parte de suas atribuições compartilhar a implementação desse plano junto ao idoso, sua família, à equipe multiprofissional que o assiste e, no limite, a comunidade do entorno, e realizar avaliações de seguimento.
O egresso poderá atuar em instituições de longa permanência, hospitais, unidades básicas de saúde, Centro-Dia, núcleos e centros de convivência para pessoas idosas, repúblicas e albergues, em programas educacionais e sociais, serviços de assistência domiciliária, programas de reabilitação, instituições de ensino e centros de pesquisa.

Onde estudar?