• A+
  • A-
Fechar

Recepção Calouros 2021

Bem-vindes à USP! 

A Universidade de São Paulo está em contínuo processo de construção de ambientes mais diversos e inclusivos. De forma a contribuir para com esse objetivo, selecionamos conceitos, entidades de apoio e recomendações sobre o que fazer em casos diversos para que estudantes se informem e possam usufruir de amparo dentro e fora do âmbito universitário.

A Universidade de São Paulo está em contínuo processo de construção de ambientes mais diversos e inclusivos. De forma a contribuir para com esse objetivo, selecionamos conceitos, entidades de apoio e recomendações sobre o que fazer em casos diversos para que estudantes se informem e possam usufruir de amparo dentro e fora do âmbito universitário.

Saiba mais:

Temasnosite Imagem4

Saiba como solicitar seu Nome Social na Universidade de São Paulo clicando no ícone acima.

O nome social é definido como a adoção/ adequação do senso de identificação do sujeito referenciando o nome que o representa, evitando a exposição desnecessária do indivíduo, o constrangimento de ser tratado de uma forma que não condiz com sua condição humana, psicológica, moral, intelectual, emocional e que não o representa. Algumas entidades já regulamentaram o uso do nome social, independentemente da autorização judicial para troca de nome nos documentos civis de funcionários de órgãos públicos. No entanto, para poder refazer os documentos civis e utilizá-los em todas as esferas de cidadania, ainda é necessário ingressar com um processo judicial.

 

Temasnosite Imagem2

Saiba como denunciar casos de Racismo na USP e fora dela clicando no ícone acima.

Se você foi vítima de racismo dentro da universidade, pode recorrer à Ouvidoria Geral para fazer uma denúncia, além de contatar a unidade em que trabalha ou estuda. Fora da USP, deve-se procurar a polícia. No último caso, é possível prestar queixa em delegacias comuns ou especializadas em crimes raciais — em São Paulo, há a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI).
Existem na universidade, ainda, coletivos e organizações, como o Núcleo de Consciência Negra da USP (http://www.ncn.org.br/), que podem oferecer apoio, ainda não tenham poder punitivo.

 

Temasnosite Imagem

Saiba como denunciar casos de Violência Sexual na USP e como proceder após o caso clicando no ícone acima.

Se você foi vítima de violência sexual em algum campus da USP, deve fazer uma denúncia formal à Ouvidoria Geral e à direção da unidade na qual estuda ou trabalha. Fora da universidade, deve-se procurar a polícia. Em caso de estupro, além das providências anteriores, é recomendável passar por um exame clínico em hospital. Se necessário, a Ouvidoria Geral poderá encontrar quem a acompanhe à delegacia e ao hospital. A Ouvidoria também comunica a Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária e encaminha a denúncia à unidade recomendando abertura de sindicância, quando o(a) perpetrador(a) é conhecido(a) e pertence à USP.

 

Temasnosite Imagem3

Saiba como denunciar casos de LGBTQIA+fobia na USP clicando no ícone acima.

Legalmente, o termo homofobia é usado para indicar discriminação a diversas minorias, como aquelas representadas pela sigla LGBTQIA (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, transgêneros, travestis, queers, intersexuais e assexuais). É importante lembrar, contudo, que a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero não é crime no Brasil, mas pode ser punida enquanto atitude de intolerância.
Assim, se você faz parte da comunidade LGBTQIA e teve seus direitos violados dentro da universidade, pode recorrer à Ouvidoria Geral para fazer uma denúncia, além de contatar a unidade em que trabalha ou estuda. Fora da USP, deve-se procurar a polícia. No último caso, é possível prestar queixa em delegacias comuns ou especializadas em crimes de intolerância — em São Paulo, há a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI).

 

Faça o download do panfleto de boas vindas do USP Diversidade,
contendo diversas informações pertinentes para os ingressantes:

Download2png

 

Acompanhe também nosso trabalho nas redes sociais:

Icones Redes Sociais Fb (1) Icones Redes Sociais Insta (1)

 

DÚvidas